Para tudo!

Para tudo!

Para ver. Para apreciar. Para assistir. Para sofrer. Para chorar. Para solidarizar-se. Para torcer. Para não dormir. Para entusiasmar-se. Para encantar-se. Para vibrar. Para vislumbrar. Para implorar. Para rezar. Para cantar. Para registrar. Para curtir. Para compartilhar. Para postar. Para vivenciar. Para ouvir. Para ler.
Para mim, um texto. Para você, uma leitura. Para a imprensa, registros. Para eles, competição. Para os pescoços, medalhas. Para o Brasil, idolatria.
São os Jogos Paralímplicos de Tokyo de 2020. Para lembrar que incluir não é verbo para ser conjugado a cada quatro anos. Mas um termo para a vida. E de todos. Para a minha, para a sua, para a deles!

Foto: Jovem Pan

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Curta nossa página no Facebook e acompanhe as crônicas mais recentes.