acaso objetivo

as olímpiadas me proporcionaram raras metáforas , possibilidades de significação, analogias e sempre pediram olhar desatento das coisas de maior peso por vezes essas que aparentam sem compromisso….esporte me soa como a nudez dos índios numa floresta densa : implosão sujeito objeto , a entrega ao acaso sem aparas… todo envolto em compromissos literários , pendências do intelecto entretenho com uma prova ou partida feito Clarice Lispector indo a feira: atividade gozoza com cerveja em punho porque não pede vinho….cerveja porque sempre cai no inverno morno brasileiro e cerveja casa com essa atmosfera de indolência participativa de espectador entregue ao esporte : esporte irmão siamês de todas possibilidades , do dr. imponderável….

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Curta nossa página no Facebook e acompanhe as crônicas mais recentes.

Crônicas Recentes.