Grupo de zap em Tóquio

Tarciso: Boa noite de Tóquiooooo, galere do zap!
Rosaninha: Boa noite, irmão. O pai tá bem?
Tarciso: O veio tá entrando direto na breja japonesa. Curtiu!
Rosaninha: Não deixa ele manguaçar que descontrola o açúcar.
Tarciso: Relax.
Mãe: Já encontraram o Nocão, o Barba e o Sancho?
Sancho: A bença, dona Meire, tá todo mundo aqui no hotel com o Tarciso e o seu Tote.
Mãe: Ai, graças à minha Nossa Senhora da Conceição, todos juntos!
Barba: É, dona Meire, não dava pra perder uma Olimpíada, né?
Rosaninha: Viram a abertura dos jogos?
Tarciso: Não, o seu Tote quis ver pompoarismo.
Mãe: Pompo o quê, meu filho? É jogo?
Rosaninha: Modalidade nova de esporte, mãe.
Tarciso: É, a atleta pega uma bola de ping pong e assopra. Se for bem longe, ela ganha.
Mãe: Assopra com a boca?
Tarciso: Não, mãe, com o…
Rosaninha (interrompendo): MAS NÃO É EM Cingapura que tem pompoarismo, Tarciso?
Tarciso: O Sancho descobriu um clube aqui. Da hora.
Rosaninha: Não leva mais o pai nesses lugares que a pressão dele sobe, viu?
Tarciso: Relax. Tá até dormindo o veio.
Mãe: E o que mais tem de bonito aí no Japão?
Nocão: Parques, lagos, shoppings. Os restaurantes, não gostei.
Mãe (surpresa): Por que, Nocão?
Barba: É que ele pediu pra passarem mais o sashimi. Deu uma treta, o tiozinho japa ficou mordido. Botou a gente pra fora do pico.
Mãe: Ô gente bruta! Aqui no Rio recebemos tão bem os estrangeiros…
Nocão: O Barba fala de mim, mas foi ele quem deu mais gafe, dona Meire.
Rosaninha: O que ele fez?
Nocão: Só absurdo. Na farmácia perguntou pra japa se tinha Leite de Rosas.
Rosaninha: Mentira!
Nocão: E, em inglês, ainda: “do you have Milk of Roses?”
Tarciso: Não é zoação. Foi vergonha alheia, mana.
Sancho: Como a vendedora não entendia nada, ele botava o nariz no sovaco e falava: “roses, smell good, understand?”
Rosaninha (rindo): Para, velho! Que bizarrice foi essa!
Barba: E tu, Sancho, na hamburgueria? Já te esqueceu?
Mãe: Ai, meu Deus, o que ele aprontou?
Barba: Queria hambúrguer de frango e pediu “kitchen hamburguer”.
Mãe: Jesus amado!
Rosaninha: Pai, o senhor tá gostando?
Tarciso: Tá dormindo, vou deixar descansar um pouco, madrugamos no clube ontem.
Mãe: E amanhã, vocês planejam ver alguma competição?
Tarciso: Amanhã, o Nocão quer ir aos shoppings. Talvez comprar um Playstation 5.
Nocão: É, dona Meire. Aí a gente fica jogando aqui um pouco no quarto. Tá muito caro o custo de vida em Tóquio.
Mãe (paciente): Ah…
Rosaninha (nervosa): Tarciso, acorda o pai. Tô ficando preocupada já.
Tarciso (acalmando): Relax.
Rosaninha (brava): A-C-O-R-D-A O P-A-I!
Tarciso (sacudindo Tote): Pai? Fala com a gente, pai…
Rosaninha (em áudio): Paiii? Fala com o Tarciso, paiiii!
Tote (acordando): Tem mais Sapporo gelada aí, fiote?

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Curta nossa página no Facebook e acompanhe as crônicas mais recentes.

Crônicas Recentes.